Controle de Qualidade na Pecuária: Por que acompanhar as informações do rebanho é importante?

Entenda porque acompanhar as informações do gado, tendo um controle de qualidade na pecuária, e como a identificação eletrônica ajuda nesse processo.

As informações estão em toda a parte e podem contribuir para um processo de análise e tomada de decisão. No setor pecuário as informações podem auxiliar o produtor rural a descobrir qual é a real situação do seu negócio. Também servir de apoio na elaboração de estratégias para aumentar a produtividade do rebanho e o padrão de controle de qualidade na pecuária.

Quer entender por que acompanhar as informações do gado é importante para garantir esse controle de qualidade na pecuária e, consequentemente, ter sucesso na atividade

Veja, neste post, quais benefícios o produtor rural pode ter ao fazer o acompanhamento das informações, e como a identificação animal e a identificação eletrônica podem ajudar nesse processo. 

Boa leitura! 

 

A importância de acompanhar as informações

Há muito tempo as informações são utilizadas para orientar a tomada de decisão. Quando coletadas e analisadas corretamente, podem auxiliar as pessoas no direcionamento de estratégias e investimentos. Também ajudar na identificação de falhas e necessidades de melhorias.

Quando o pecuarista identifica, coleta e acompanha as informações do rebanho, ele consegue avaliar com mais clareza qual é a situação real do seu negócio. E, a partir daí, definir quais objetivos quer alcançar e que estratégias precisam ser implantadas para o alcance das metas.

Uma vez que possui maior clareza sobre a situação real do seu negócio e sabe quais ações estratégicas são necessárias, o produtor consegue direcionar melhor os investimentos e aumentar o padrão de qualidade dos seus produtos. E, consequentemente, assegurar mais vendas e garantir a satisfação dos clientes. 

Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), mesmo com a pandemia do coronavírus o PIB agropecuário deve registrar um crescimento de 2,5% em 2020. Isso significa que o consumo e a exportação de carne ainda são altos, e que cada vez mais produtores podem se sentir motivados a entrar nesse mercado.

Assim sendo, para manter a competitividade e assegurar o sucesso na atividade, o produtor precisa acompanhar as informações sobre o seu rebanho para tomar decisões mais assertivas e oferecer um padrão de qualidade mais alto dos seus produtos, e isso acontece a partir de um bom controle de qualidade na pecuária.

 

Vantagens ao acompanhar as informações do gado 

Agora que você já sabe por que acompanhar as informações do rebanho é importante para o sucesso da atividade pecuária, veja 4 vantagens que o pecuarista pode ter ao fazer a coleta, análise e o acompanhamento das informações:

 

#1. Alto padrão de controle de qualidade na criação de gado

Uma das principais vantagens ao acompanhar as informações do gado é que o pecuarista consegue assegurar uma visão mais abrangente sobre os seus negócios. Essa visão permite que ele elabore estratégias mais assertivas para melhorar o manejo, otimizar a produção e aumentar a qualidade do seu produto.

Por exemplo, se acompanha as informações sobre o peso dos animais, pode descobrir se o tipo de manejo está sendo lucrativo ou se o rebanho está recebendo o tratamento adequado. Também, se os investimentos com ração e medicamentos estão gerando retorno positivo quanto a engorda e o desempenho do gado. 

 

#2. Aumento de vendas e oportunidades

Uma vez que possui um alto padrão de controle de qualidade na criação do rebanho, o produtor rural pode ir atrás de novas oportunidades para comercializar os seus produtos. Um exemplo de oportunidade que pode trazer ganhos excelentes e que precisa ser considerada é a exportação da carne. 

Embora no gado para exportação existam muitas regras e o controle de qualidade é mais rígido, o produtor pode aproveitar esse nicho para lucrar mais e expandir os negócios. Afinal, ao coletar e acompanhar as informações, a propriedade já consegue assegurar um alto padrão de controle de qualidade na criação. 

 

Veja aqui quais são os cuidados necessários ao criar gado para exportação

 

#3. Redução de custos com manejo

O produtor que quer garantir o sucesso na atividade pecuária também precisa ter controle sobre os seus investimentos e reduzir os custos.

Se possui acesso e acompanha as informações sobre o rebanho, o produtor rural consegue identificar com mais facilidade onde se concentram os custos mais altos. E, a partir daí, pode traçar estratégias para minimizar as despesas, conter os desperdícios com o manejo e até aumentar a lucratividade. 

 

#4. Avaliar o desempenho do rebanho a qualquer momento

Quando coleta, tem controle e acompanha as informações sobre o rebanho, o produtor rural consegue avaliar como está o desempenho do seu gado a qualquer momento. 

Essa análise permite que ele identifique falhas que podem estar prejudicando a produção, quais melhorias são necessárias e o que está ou não está dando certo no manejo. 

 

Identificação eletrônica para acompanhar as informações

Identificar os animais, saber quais são suas necessidades e acompanhar o desenvolvimento do rebanho podem ajudar o produtor rural a aumentar a sua produção.

A identificação eletrônica utiliza dos brincos e bastões eletrônicos para identificação animal, e é um procedimento capaz de otimizar a coleta, gestão e o acompanhamento das informações.

Por meio dos brincos para gado, por exemplo, o produtor consegue controlar o seu rebanho e identificar cada um dos seus animais individualmente. Enquanto que, por meio dos bastões eletrônicos, pode coletar as informações dos brincos eletrônicos e transmiti-las para um software em poucos cliques.

As informações que são transmitidas para o sistema possibilita uma análise mais clara sobre o progresso e desempenho dos bovinos. E, com base nessa análise, o produtor se torna capaz de fazer a gestão e tomar decisões mais assertivas para aumentar os lucros na atividade pecuária.    

 

Viu só como acompanhar as informações do rebanho é importante? Por meio das informações é possível direcionar as estratégias, avaliar o desempenho de cada animal e obter um padrão de controle de qualidade mais alto. Também descobrir quais medidas são necessárias para reduzir os custos com o manejo e aumentar a produtividade.

 

Gostou do tema? Quer saber mais sobre identificação animal e como a identificação eletrônica pode ajudar a sua fazenda? Então continue lendo nosso blog para ficar por dentro de todas as novidades!

Gado de confinamento: o que você precisa saber para aumentar os ganhos!

Já trabalha com gado de confinamento, mas não sabe como aumentar os seus ganhos? Veja, neste post, 6 pontos que podem garantir maior lucratividade.

O gado de confinamento é uma técnica de produção que pode trazer uma série de benefícios para o produtor. Entre eles aumentar a eficiência produtiva do rebanho, reduzir os custos e melhorar o aproveitamento de espaços na propriedade.

Nesse sistema os bovinos são confinados e alimentados com água e ração à vontade. O que ajuda garantir a qualidade da carne e as condições mais propícias para o corte.

Contudo, para que a prática de gado de confinamento traga ganhos realmente significativos, o produtor rural precisa estar atento a duas coisas: 

  • planejamento e gestão dos negócios;
  • investimentos para potencializar a produção. 

Já trabalha com gado de confinamento, mas não sabe como otimizar a atividade nem como aumentar os ganhos? Confira, neste post, o que você precisa saber para lucrar de uma vez por todas nesta área do agronegócio.  

Boa leitura 🙂

 

Gado de confinamento: futuro próspero para a pecuária

De acordo com o Cepea, Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, o consumo de carne no Brasil cresceu 14% nos últimos 10 anos. Por conta disso, o País se tornou um dos maiores produtores e exportadores de carne bovina no mundo.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), responsável pela gestão das políticas públicas de estímulo à agropecuária, estima que a produção pode chegar a 2,1% ao ano. 

Estima ainda que o volume produzido pode superar 12 milhões de toneladas até 2028, e que as exportações podem aumentar cerca de 3,1% ao ano para 2,7 milhões de toneladas.

Uma vez que as expectativas para o mercado da carne são altas, os produtores de gado precisam preparar suas propriedades para produzir e atender toda a demanda. 

Para isso, devem adotar práticas modernas no gado de confinamento. Não só isso, investir em novas tecnologias para reduzir custos, otimizar a produção e melhorar o manejo.

Se como produtor rural você já pratica o gado de confinamento mas não garantiu uma boa lucratividade, pode ser que algo esteja errado na técnica de produção. Ou, a propriedade ainda não sabe quais fatores precisam ser levados em consideração para reduzir custos e melhorar a qualidade da carne. 

A seguir, descubra quais fatores são esses 🙂

 

Veja quais são os cuidados necessários ao criar gado para exportação! 

6 pontos importantes para garantir lucro no gado de confinamento

O gado de confinamento é uma prática que se baseia no manejo e na alimentação por meio de cochos. 

O que torna esse sistema de produção tão interessante, é que nele são fornecidos recursos nutricionais completos para o desenvolvimento do gado. O que contribui (e muito) para a engorda e qualidade da carne.

Mas engana-se quem pensa que só investir na prática é suficiente para aumentar os ganhos. Na verdade, o segredo para o produtor rural garantir um retorno financeiro realmente significativo está no planejamento e na gestão da atividade.

Abaixo, veja 6 pontos importantes que o pecuarista precisa avaliar caso queira reduzir custos e aumentar a lucratividade com o gado confinado:

 

#1. Genética dos animais

Muitos pecuaristas pensam que a genética dos animais não interfere nos lucros da propriedade. 

Contudo, é fato que os bovinos geneticamente superiores possuem melhor desempenho, uma vez que  no confinamento ganham mais peso e apresentam melhor eficiência e conversão alimentar. 

Esses fatores refletem na qualidade da carne que, consequentemente, favorecem as vendas.

 

#2. Manejo no pré confinamento

Assim como a genética, o manejo no pré-confinamento também é um ponto que precisa ser levado em consideração pelo produtor rural

Os animais que recebem pastagem antes de serem confinados tendem a apresentar resultados melhores quanto ao ganho de peso e eficiência biológica. 

O pecuarista pode usar disso como estratégica para aumentar a qualidade da carne garantir mais ganho.

 

#3. Planejamento alimentar 

Outra forma do produtor rural economizar e ter maior lucratividade é elaborar um planejamento alimentar do confinamento. Ou seja, estruturar uma rotina para a alimentação do rebanho para evitar excessos e desperdícios. 

Quando possui planejamento o produtor consegue direcionar os seus investimentos de forma mais estratégica. Assim, comprando apenas rações e insumos necessários.

 

#4. Manejo de fornecimento da dieta 

Para montar um planejamento alimentar eficiente, o produtor rural precisa ter pré-definido como vai funcionar o fornecimento da dieta.

Nesse caso precisa verificar com antecedência quantos bovinos serão alimentados no mês e qual é a porção média ideal por animal. Também certificar que os equipamentos que serão utilizados no manejo estão em bom estado de conservação.

 

#5. Controle da alimentação e dos custos 

Fazer a gestão do fornecimento de dieta e dos custos do confinamento também é uma forma interessante do produtor aumentar os seus ganhos.

Afinal, por meio de relatórios mensais (atualizados diariamente com informações sobre os bovinos), o pecuarista consegue identificar se o manejo está sendo feito corretamente. Não só isso, apontar onde se concentram os custos mais altos do mês.

A partir dessas informações pode estudar ações estratégicas para conter os custos, ou reformular o planejamento alimentar dos bovinos para economizar. 

 

#6. Avaliações de desempenho 

Para certificar que os objetivos da propriedade estão sendo atingidos, o produtor rural precisa acompanhar de perto as informações sobre o rebanho. 

Analisar os dados coletados por brincos eletrônicos para gado, transferidos por um software de gestão, pode ajudar no planejamento de ações para maximizar os lucros. Também, auxiliar no direcionamento de estratégias e contenção de gastos. 

Se o produtor não faz avaliações de desempenho nem acompanha indicadores, ele não consegue descobrir se qual a situação real da propriedade. No entanto, se acompanha e monitora todos os números, consegue identificar com facilidade se atividade pecuária está trazendo lucro ou prejuízo. 

 

Viu como aumentar os ganhos com gado de confinamento não precisa ser díficil? Basta só ter gestão e planejamento 🙂  

Gostou do tema? Então acesse e leia nosso post “Gado de Confinamento: o que você precisa saber sobre a atividade!”

  • E-mail marketing@primaza.com.br
  • Orçamento (55) 98154-0054
  • Pós-Venda (55) 3375-8443
  • Endereço
    Avenida Presidente Kennedy 3400, Bairro Arco-Íris